Time Integrado, Resultado: SAP ECC Implementation VID Group – Go Live!

Time,

Hoje meu post é dedicado para uma grande equipe de Guerreiros.

Colaboradores que suportaram as mais difíceis situações (Climáticas, distância da família, finais de semanais extensíveis, reuniões nos mais diferentes horários e locais, pressão, tempo, etc) com o objetivo de concluir um grande projeto de Implantação SAP no tempo e no custo planejado!

Há um ditado que diz: “Quem agradece recebe mais do que pede!”

Hoje, imensamente eu gostaria de agradecer e parabenizar meu time do Grupo VIDEPLAST!

Localizada no Oeste de Santa Catarina, O Grupo Videplast é uma das maiores indústrias de embalagens plásticas flexíveis do Brasil.

Nove meses juntos e o nosso filho está para nascer!

Trabalhar em time é uma das tarefas mais difíceis e incríveis em um projeto e penso que conseguimos atingir o nosso objetivo!

Há uma frase que diz “Não importa quem irá chutar para o gol e sim o resultado do jogo”

… Amanhã teremos amigos que se vão, outros que chegam ao projeto e assim a cada dia nosso desafio chega ao fim.

Iniciaremos uma nova etapa agora com o go-live: Realizar o acompanhamento do cliente, sustentar a operação e entregar com chave de ouro o que construímos.

Hoje tenho apenas um pedido para os nossos próximos dias:
Tenham sentimento de dono pelo projeto!
Ele foi, é e sempre será de vocês!

No passado, o homem máquina precisava saber uma determinada tarefa e pronto.
Pensar era pecado! Surge então a frase: “Você é pago para fazer e não para pensar!” E os sentimentos?
Ah! estes deveriam ser deixados na porta das empresas no início da jornada e recolhidos na saída, como alguém que deixa um guarda chuva dependurado para ser usado mais tarde.

Mas em nosso projeto não! Somos parceiros. E isso não acaba em 01.07.14!

Ninguém é tão bom quanto todos nós juntos!

Que venha o go-live!
Sou melhor depois que conheci vocês! Thanks Team!

Um imenso abraço,

Rodrigo Silva, PMP

Vire a página!

Time,

 

Chegou a hora de virar a página, refletir sobre a lições aprendidas em todo decorrer do projeto, planejar ações de melhorias e se preparar para a entrega.

Em uma das dezenas de reuniões que participei, fui questionado sobre: “Como ficará nossa companhia após a saída de todos? As brigas, discussões que tivemos, os contra tempo, etc?”

Esta questão me fez refletir muito e apesar da minha resposta técnica que compartilho abaixo, me desafiei a pensar em tudo que passamos e em tudo que deixaremos.

Minha resposta ao questionamento:

A implantação de um sistema ERP (Gestão Empresarial), fornece importante contribuição para eficácia organizacional e especialmente para eficácia Inter organizacional, facilitando a integração e a comunicação entre diferentes unidades organizacionais e com outras instituições. Seno assim discussões são importante para o crescimento, não se entregue a tristeza das discussões e pense no legado que estamos construindo para a companhia.

Honestamente este questionamento ainda me persegue.

…. Para alguns colaboradores este poderá ser apenas mais um projeto, porém prefiro acreditar que para todos será “o projeto”, afinal nove meses empenhados não poderia ser mais um.

Crescemos muito! Convivemos, lutamos, brigamos contra os perigosos externos e como um bom time brigamos entre nós.

Virar a página é importante para que consigamos seguir em frente e superar os próximos passos e talvez hoje eu ainda não tenho uma explicação técnica ou organizacional de como ficará uma companhia após o grande fluxo da implantação de um sistema de Gestão, de um novo modelo de negócios, da reformulação da companhia.

Vejo um projeto como algo fantástico, conviver com pessoas, aprender novos processos em diferentes companhias (ou até mesmo em diferentes setores quando estamos em projetos internos). Aprendemos a trabalhar em time respeitando as diferenças.

Agregamos muito conhecimento e somos pessoas melhores!

Aliás, costumo dizer que só trabalho com os melhores, e os melhores são vocês!

Mas diria com toda certeza para todos os profissionais que atuam em projetos:

 

– Quem briga está comprometido: Prefira os brigões, pacificidade nunca construiu nada.

– Procure coisas que lhe desafie: construa um projeto de uma ponte, de um navio, saia do comodismo, viaje para lugares que nunca esteve.

– Aproveite as mudanças da companhia para mudar também: Aquele velho curso de inglês, aquele projeto da academia, chegou a hora, vamos?

– Não se afaste da realidade: Cuidado com os reclamações, não caia nesse mundo, pense que somos responsáveis em soluções de alto valor.

– Acredite: Quem quer ver o arco íris, precisa aguentar as tempestades.

 

Acima de tudo: “Mais vale segurar um louco, do que empurrar um morto”.

Vamos virar a página!

Um abraço,

Rodrigo Silva, PMP